ESSÊNCIA E MEMÓRIA | CHIADO EDITORA

June 20, 2015

 

Nos dias de hoje, a uma galáxia de distância dos flashes de lâmpada incandescente, é talvez mais fácil produzir imagens com qualidade.

 

A tecnologia evoluiu, a partilha de técnicas vulgarizou-se e a quantidade de “saber” necessário, para obter uma imagem com qualidade, diminuiu drasticamente. Talvez seja fácil seguir esta linha de raciocínio, mas os meios apenas produzem boas imagens, não boas fotografias.

 

Uma boa fotografia é o resultado direto da vivência e interpretação do todo, por um sujeito em particular. Essa singularidade sempre me interessou bastante. Quando fotografamos, é o nosso mapa genético que estamos a imprimir. A ampliar. É a nossa visão do que nos rodeia que estamos a revelar.

Fotografar é compreender e aceitar o tempo. O que só por si, já não é pouco.

 

Exposição patente ao público até 1 de Julho de 2015 no Espaço Exibicionista.

Please reload

Rua Dona Estefânia 157 C, Lisboa, Portugal | GPS: 38.732722, -9.141149 | T: +351 214 055 054 | info@espacoexibicionista.com

 

SEG-SEX: 11:00 - 20:00 | SAB: 11:00 - 18:00